PRODUÇÃO ACADÊMICA Repositório Acadêmico da Graduação (RAG) TCC Ciências Aeronáuticas
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.pucgoias.edu.br/jspui/handle/123456789/827
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Título: A importância do acompanhamento psicológico continuado para pilotos de linha aérea brasileiros
Título(s) alternativo(s): The importance of continued psychological care for brazilian airline pilots
Autor(es): Sousa, Pedro Henrique Alves de
Primeiro Orientador: Silva, Tammyse Araújo
metadata.dc.contributor.referee1: Costa, Nagi Hanna Salm
metadata.dc.contributor.referee2: Bauer, Rosana Conceição de Lima
Resumo: A presente pesquisa teve como objetivo analisar, do ponto de vista de sua eficácia, a avaliação psicofísica da ANAC – centralizada na avaliação psicológica e seus formulários – aplicada no ato da obtenção do CMA pelo Piloto de Linha Aérea. Em termos secundários, objetivou-se explorar fatores como fadiga e depressão e as suas consequências nas ações do piloto, bem como discutiram-se as práticas que oferecem resultados amadurecidos para o acompanhamento e diagnóstico de transtornos mentais neste profissional. O estudo baseou-se em uma metodologia descritiva, bibliográfica e documental, ancorada na hipótese em que se questiona a verdadeira representatividade dos testes ora utilizados pela agência reguladora. Diante disso, a pesquisa identificou que a avaliação psicológica, em termos mundiais, não consegue prever distúrbios psicóticos súbitos, tampouco são eficientes se utilizada sem propósito específico e desarticulada de monitoramento. Mesmo porque acidentes envolvendo diversos fatores contribuintes, inclusive o psicológico – como os da Germanwings e do Nepal –, ainda acontecem, repercutindo sobre o conhecimento dos testes psicológicos e seus diagnósticos, levando a outras e novas discussões de especialistas e governos. Por outro lado, problemas psicológicos resultantes de fadiga ou estresse podem e devem ser identificados, analisados e monitorados para que o piloto tenha chance de apoio e tratamento. Entretanto, verificou-se que, em virtude da imagem de força e solidez associada ao Piloto de Linha Aérea, estudos sugerem a possibilidade tendenciosa à “síndrome hiperdefensiva”, em que o profissional oculta ou não reconhece seus problemas e, em consequência, não busca tratamento para suas doenças. De fato, quando o sistema que deveria mapear as condições mentais de um piloto não o faz, surgem oportunidades de burlar tal sistema. É o que ocorre com os formulários da ANAC que devem ser respondidos antes da avaliação física e mental. Neste caso, a pesquisa evidenciou a superficialidade das questões ali tratadas, visto que o piloto poderá ser omisso quanto à verdade de sua condição psicológica. Supõe-se que o profissional não irá se declarar “potencial suicida” à agência que o fiscaliza. Também foram trazidos pelo estudo os resultados da consulta pública realizada pela ANAC em 2019, que apontam franca insatisfação dos aeronautas quanto à real eficácia do exame psicotécnico, uma vez que este exame, aplicado a cada cinco anos, consiste em mera repetição de quesitos, sem trazer novos e eficazes elementos de avaliação. O presente estudo demonstrou que há possibilidade de adoção de métodos que avaliem habilidades de relacionamento, entre outros. A respeito da fadiga e outras moléstias, ficou evidenciado que programas de apoio, acompanhamento e gerenciamento são a base para a melhoria e o bom desempenho dos pilotos, por isso, este tem sido o foco das organizações. Por fim, sugere-se que seja realizado acompanhamento psicológico contínuo dos profissionais inseridos no contexto da aviação.
Abstract: This research intended to analyze the effectiveness of psychophysical assessment of ANAC – centered on psychological assessment and its forms – applied at the time of obtaining CMA by the Airline Pilot. In secondary terms, the objective was to explore factors such as fatigue and depression and their consequences on the pilot's actions, as well as discussing the practices that offer matured results for the monitoring and diagnosis of mental disorders in this professional. The study was based on a descriptive, bibliographic and documentary methodology, anchored on the hypothesis that questions the true representativeness of the tests now used by regulatory agency. Considering this, the research identified that psychological assessment, worldwide, cannot predict sudden psychotic disorders, nor are they efficient if used without a specific and disjointed monitoring purpose. Even because accidents involving several contributing factors, including psychological – such as Germanwings and Nepal –, still happen, reflecting on the knowledge of psychological tests and their diagnoses, leading to other and new discussions by experts and governments. On the other hand, psychological problems resulting from fatigue or stress must be identified, analyzed and monitored so that the pilot has a chance of support and treatment. However, it was found that, due to the image of strength and solidity associated with the Airline Pilot, studies suggest the possibility of a tendency to the “hyper defensive syndrome”, in which the professional hides or does not recognize his problems and, consequently, does not seek treatment for his illnesses. For sure, when the system that should map a pilot's mental condition does not do it, opportunities arise to circumvent such a system. This is what happens with ANAC forms that must be answered before physical and mental assessment. In this case, the research showed the superficiality of the issues dealt with there, since the pilot may be silent as to the truth of his psychological condition. It is assumed that the professional will not declare himself "suicidal potential" to the agency that supervises him. The results of public consultation carried out by ANAC in 2019 were also brought up by the present study, which point out frank dissatisfaction of aeronauts regarding to the real effectiveness of the psychotechnical examination, since this examination, applied every five years, consists of mere repetition of questions, without bringing new and effective elements of evaluation. The present study demonstrated that there is a possibility of adopting methods that assess relationship skills, among others. Regarding fatigue and other diseases, it became evident that support, monitoring and management programs are the basis for the improvement and good pilots’ performance, so this has been the focus of organizations. Finally, it is suggested continuous psychological monitoring of professionals working in aviation context.
Palavras-chave: Acompanhamento Psicológico Contínuo; Piloto de Linha Aérea; Germanwings; Testes Psicotécnicos
Continuous Psychological Accompaniment; Airline Pilot; Germanwings; Psychotechnical Tests
CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA::PSICOLOGIA DO TRABALHO E ORGANIZACIONAL::RECRUTAMENTO E SELECAO DE PESSOAL
CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA::PSICOLOGIA DO TRABALHO E ORGANIZACIONAL::TREINAMENTO E AVALIACAO
CNPQ::OUTROS::CIENCIAS
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Pontifícia Universidade Católica de Goiás
Sigla da Instituição: PUC Goiás
metadata.dc.publisher.department: Escola de Gestão e Negócios
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.pucgoias.edu.br/jspui/handle/123456789/827
Data do documento: 23-Jan-2020
Aparece nas coleções:TCC Ciências Aeronáuticas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Pedro Henrique Alves de Sousa.docxTCC 2020.2 TURMA B11598,42 kBMicrosoft Word XMLVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.

Ferramentas do administrador