PRODUÇÃO ACADÊMICA Repositório Acadêmico da Graduação (RAG) TCC Medicina
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.pucgoias.edu.br/jspui/handle/123456789/4623
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Título: Avaliação de obesidade e perfil lipídico em membros de força policial militar e seus dependentes em Goiânia-go
Autor(es): Siqueira, Maria Antonia da Costa
Primeiro Orientador: Gomes, Clayson Moura
metadata.dc.contributor.referee1: Sérgio, Henrique Nascente Costa
metadata.dc.contributor.referee2: Graziela , Torres Blanch
Resumo: A obesidade e a dislipidemia são síndromes que vem crescendo na população, e estão relacionadas à diabetes mellitus, hipertensão arterial sistêmica, acidente vascular encefálico, infarto agudo do miocárdio e outras doenças, porém são escassos na literatura estudos que acompanham em um mesmo grupo de pessoas por uma certa temporalidade a evolução destas síndromes, o que seria relevante para criar políticas públicas de melhoria de saúde específicas e reduzir incidência, morbidade e mortalidade. O intuito deste estudo foi acompanhar e analisar o perfil lipídico e a prevalência da obesidade entre os policiais militares (PMs) e seus dependentes de Goiânia em um período de 5 anos. Este estudo foi realizado com dados de 34283 visitas de participantes. Os dados foram coletados em um software de gestão e armazenamento de informações do Laboratório do Hospital do Policial Militar de Goiânia (HPM). Foi realizado uma caracterização da população do estudo e analisou os valores de perfil lipídico e IMC, estratificando e associando por sexo os valores em um período de 5 anos. Foi verificado uma diferença significativa (p<0,001) para os valores de colesterol total, HDL, LDL, triglicerídeos, não HDL-C, CT/HDL e LDL/HDL comparados com os valores apresentados pelos participantes do sexo masculino e feminino. Na avaliação dos PMs e seus dependentes, em relação ao aumento do IMC com o passar do tempo, foi considerada a primeira avaliação e a última avaliação no período, não sendo encontradas diferenças significativas em ambos os sexos (p>0,05). Deve-se considerar que outros fatores como rotina de trabalho, nível de escolaridade, meio socioeconômico, hábitos de vida dos indivíduos interferem em uma avaliação metabólica, e que o acompanhamento de rotina como a população do grupo estudado é primordial e relevante para a manutenção de índices lipídicos e do IMC.
Palavras-chave: IMC
obesidade
dislipidemia
policial militar
CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::BIOQUIMICA
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Pontifícia Universidade Católica de Goiás
Sigla da Instituição: PUC Goiás
metadata.dc.publisher.department: Escola de Ciências Médicas e da Vida
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.pucgoias.edu.br/jspui/handle/123456789/4623
Data do documento: 26-Mai-2022
Aparece nas coleções:TCC Medicina

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
TCC final maria antonia laura[1392].docx563,64 kBMicrosoft Word XMLVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.

Ferramentas do administrador