PRODUÇÃO ACADÊMICA Repositório Acadêmico da Graduação (RAG) TCC Medicina
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.pucgoias.edu.br/jspui/handle/123456789/3903
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Título: Infecção por Chlamydia trachomatis e complicações reprodutivas na mulher: Uma revisão sistemática
Título(s) alternativo(s): Chlamydia trachomatis infection and complications reproductives in women: a systematic review
Autor(es): Saldanha, Rita de Cássia Oliveira
Natário, Juliana Amorim Alfaix
Primeiro Orientador: Ribeiro, Andrea Alves
metadata.dc.contributor.referee1: Milki, Marcos Vinícius
metadata.dc.contributor.referee2: Barros, Laiza Alencar Santos
Resumo: Introdução: A Chlamydia trachomatis é a bactéria sexualmente transmissível mais comum no mundo. Trata-se de um patógeno intracelular obrigatório gram-negativo, com os sorotipos D e K1 responsáveis por infecções no trato genital. A C. trachomatis acomete principalmente mulheres jovens em idade reprodutiva e é fortemente associada a comportamentos de risco e idade menor que 25 anos. A infecção é assintomática em cerca de 77% das mulheres e 68% dos homens, o que dificulta o diagnóstico e tratamento precoce. O diagnóstico pode ser feito por meio de testes diretos, como a transcriptase reversa seguida da reação em cadeia da polimerase (RT-PCR), e por testes indiretos, como a pesquisa de anticorpos. Quando não diagnosticada e tratada, a C. trachomatis pode acender o trato genital inferior e atingir útero, tubas uterinas e ovários, o que resulta em doença inflamatória pélvica (DIP). A DIP está associada a infertilidade de fator tubário, gravidez ectópica, morte fetal intrauterina, aborto espontâneo e natimortalidade. Objetivos: Verificar as evidências científicas relacionadas a associação entre infecção por C. trachomatis, infertilidade feminina e suas consequências na saúde da mulher. Metodologia: Estudo descritivo, qualitativo, do tipo revisão bibliográfica sistemática. Para a pesquisa de artigos, foram utilizadas as plataformas de base de dados PubMed/Medline e Scielo e foram incluídos artigos publicados nos últimos dez anos. A revisão foi realizada de acordo com a recomendação PRISMA (Principais Itens para Relatar Revisões Sistemáticas e Meta-análise) e utilizado a ferramenta Joana Briggs Institute Appraisal Tools (JBI), para eliminar o risco de viés. Foram utilizadas as seguintes palavras chaves ou descritores: “Chlamydia trachomatis”, “infertility” e “female”. Resultados e Conclusão: Os estudos apresentados enfatizam o impacto da C. trachomatis no trato genital feminino e a necessidade de intervenções médicas seguras e rápidas.
Abstract: Introduction: Chlamydia trachomatis is the most common sexually transmitted bacterium in the world. It is an obligate intracellular gram-negative pathogen, with serotypes D and K1 responsible for infections in the genital tract. C. trachomatis mainly affects young women of reproductive age and is strongly associated with risk behaviors and age younger than 25 years. The infection is asymptomatic in about 77% of women and 68% of men, which makes early diagnosis and treatment difficult. Diagnosis can be made by direct tests, such as reverse transcriptase followed by polymerase chain reaction (RT-PCR), and by indirect tests, such as antibody screening. When undiagnosed and untreated, C. trachomatis can ignite the lower genital tract and spread to the uterus, fallopian tubes, and ovaries, resulting in pelvic inflammatory disease (PID). PID is associated with tubal factor infertility, ectopic pregnancy, intrauterine fetal death, miscarriage, and stillbirth. Objectives: To verify the scientific evidence related to the association between C. trachomatis infection, female infertility and its consequences on women's health. Methodology: Descriptive, qualitative study, of the systematic literature review type. To search for articles, the PubMed/Medline and Scielo database platforms were used and articles published in the last ten years were included. The review was performed according to the PRISMA recommendation (Key Items for Reporting Systematic Reviews and Meta-analysis) and using the Joanna Briggs Institute Appraisal Tools (JBI) to eliminate the risk of bias. The following keywords or descriptors were used: “Chlamydia trachomatis”, “infertility” and “female”. Results and Conclusion: The studies presented emphasize the impact of C. trachomatis on the female genital tract and the need for safe and rapid medical interventions.
Palavras-chave: Chlamydia trachomatis
Infertilidade
Mulher
Doença inflamatória pélvica
CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Pontifícia Universidade Católica de Goiás
Sigla da Instituição: PUC Goiás
metadata.dc.publisher.department: Escola de Ciências Médicas e da Vida
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.pucgoias.edu.br/jspui/handle/123456789/3903
Data do documento: 26-Jun-2022
Aparece nas coleções:TCC Medicina

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
CT e complicações reprodutivas.docx97,26 kBMicrosoft Word XMLVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.

Ferramentas do administrador