PRODUÇÃO ACADÊMICA Repositório Acadêmico da Graduação (RAG) TCC Filosofia
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.pucgoias.edu.br/jspui/handle/123456789/1855
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Título: DAVID HUME E A HIERARQUIZAÇÃO DO GOSTO
Título(s) alternativo(s): DAVID HUME AND THE HIERARCHY OF TASTE
Autor(es): RIBEIRO, Sérgio Felipe
Primeiro Orientador: CURADO, ELIANA BORGES FLEURY
metadata.dc.contributor.referee1: Polliana, Pires do Carmo Alves Rocha
metadata.dc.contributor.referee2: Amarildo , Fernandes Pessoa
Resumo: Nesse trabalho investigaremos o gosto tomando como referência o pensamento do filósofo David Hume, tal como se apresenta no ensaio intitulado “Do Padrão de Gosto”, que se encontra nos Ensaios Morais, Políticos e Literários. Para que se tenha uma melhor compreensão do tema, o presente artigo se estrutura em três momentos. No primeiro momento concentrar-nos-emos na tese de que a beleza não é característica dos objetos, mas se encontra no espírito de quem a contempla, ou seja, o belo é subjetivo. No segundo momento trataremos dos juízos de gosto, com vistas a esclarecer se, tal como a beleza, o gosto também é subjetivo. Por fim, examinaremos a tese central dessa investigação, a saber, se é possível formular um padrão de gosto na avaliação da arte. Hume defende a tese de que, mesmo sendo o gosto subjetivo, ainda assim é possível dizer que uma obra de arte é melhor que a outra, pois existem parâmetros que asseguram esse julgamento estético.
Abstract: In this work, we will research about the taste taking as reference the thought of philosopher David Hume, as presented in the essay entitled “Of the standard of taste”, which is found in the Moral, Political and Literary Essays. In order to have a better understanding of the subject, this article is structured in three moments. In the first moment we will focus on the thesis that beauty is not characteristic of objects but is found in the mind of those who contemplate it, that is, beauty is subjective. In the second moment, we will treat with judgments of taste, in view of a clarifying if, just as beauty, the taste is also subjective. Lastly, we will examine the central thesis of this investigation, namely, if it is possible to formulate a standard of taste in the evaluation of art. Hume defends the thesis that, even though taste is subjective, even so, it is possible to say that one work of art is better than another, because there are parameters that guarantee this aesthetic judgment. Keywords: Standard, Taste, Philosophy of Art, Aesthetics, Art.
Palavras-chave: Padrão
Gosto
Filosofia da Arte
Estética
Arte
CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::FILOSOFIA
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Pontifícia Universidade Católica de Goiás
Sigla da Instituição: PUC Goiás
metadata.dc.publisher.department: Escola de Formação de Professores e Humanidades
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.pucgoias.edu.br/jspui/handle/123456789/1855
Data do documento: 15-Jun-2021
Aparece nas coleções:TCC Filosofia

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
(Sergio Felipe Ribeiro) TCC Hume e a hierarquizacao do gosto.docx73,8 kBMicrosoft Word XMLVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.

Ferramentas do administrador