PRODUÇÃO ACADÊMICA Repositório Acadêmico da Graduação (RAG) TCC Relações Internacionais
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.pucgoias.edu.br/jspui/handle/123456789/555
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Título: AS REDES SOCIAIS E O PODER ESTADUNIDENSE: DO SOFT POWER AO SHARP POWER E O CASO DO FACEBOOK
Autor(es): FERREIRA, Samuel
Primeiro Orientador: Pietrafesa, Pedro
metadata.dc.contributor.referee1: Okado, Giovanni
metadata.dc.contributor.referee2: Manzi, Rafael
Resumo: O presente trabalho terá em vista analisar como se deu a relação da criação do Facebook nos anos 2000 com o poder estadunidense no século XXI. Por meio de uma pesquisa qualitativa acompanhada de dados busca-se compreender o desenvolvimento do Facebook como útil ao soft power estadunidense, principalmente no que tange a agenda de promoção democrática no mundo, e como essa mesma rede social veio a permitir o emprego de sharp power contra os Estados Unidos. Em função disso, será observado por meio de dois estudos descritivos: o Facebook como soft power estadunidense na Primavera Árabe; e o Facebook como sharp power russo nas eleições estadunidenses de 2016. Essa pesquisa encontrou que o Facebook fez parte de uma narrativa sobre soft power estadunidense na Primavera Árabe e que mais tarde foi explorada pelo sharp power russo para afetar as eleições de 2016 nos EUA.
Abstract: This work aims to analyze the relationship between the creation of Facebook in the 2000s and American power in the 21st century. Through qualitative research and data checking, it was sought to understand the development of the relation of Facebook with American soft power, especially when concerning the agenda of democratic promotion in the world, and how this same social network came to allow the use of sharp power against the United States. Accordingly, it will be observed through two descriptive studies: Facebook as American soft power in the Arab Spring; and Facebook as Russian sharp power in the 2016 US elections. This research found that Facebook was part of a narrative about American soft power in the Arab Spring and that it was later exploited by Russian sharp power to affect the 2016 US elections.
Palavras-chave: Poder estadunidense
Facebook
soft power
sharp power
CNPq: Relações Internacionais; Política Internacional
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Pontifícia Universidade Católica de Goiás
Sigla da Instituição: PUC Goiás
metadata.dc.publisher.department: Escola de Direito e Relações Internacionais
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.pucgoias.edu.br/jspui/handle/123456789/555
Data do documento: 2-Dez-2020
Aparece nas coleções:TCC Relações Internacionais

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
MONOGRAFIA - AS REDES SOCIAIS E O PODER ESTAD_SAMUEL FRANCO FERREI 1.pdf786,74 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.

Ferramentas do administrador