PRODUÇÃO ACADÊMICA Repositório Acadêmico da Graduação (RAG) TCC Ciências Biológicas - Modalidade Médica
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.pucgoias.edu.br/jspui/handle/123456789/4672
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Título: Soroprevalência de anticorpos para Sífilis e HIV em gestantes do estado de Goiás no período de 2018 a 2021
Título(s) alternativo(s): Seroprevalence of antibodies to Syphilis and HIV in pregnant women in the state of Goiás from 2018 to 2021
Autor(es): Machado, Igor Carneiro
Mattos, Tomas Braga
Primeiro Orientador: Neves, Roberpaulo Anacleto
metadata.dc.contributor.referee1: de Castro Santana, Flávia
metadata.dc.contributor.referee2: Rodrigues de Oliveira , Sebastião
Resumo: Objetivo: conhecer a soroprevalência de anticorpos para Sífilis e HIV, observando o perfil sorológico em gestantes atendidas em um Laboratório Universitário de Goiânia. Método: Trata-se de um estudo epidemiológico, de corte transversal, o qual foi realizado por meio da análise de dados disponíveis no Laboratório Clínico da Pontifícia Universidade Católica de Goiás, vinculado ao SUS. Os resultados de exames encontrados foram tabulados e processados pelo programa Google Sheets. Resultados: A média de idade observada foi de 26 anos (com idade mínima de 17 e máxima de 38 anos) e a proporção de adolescentes (10 a 19 anos) foi de 17,39%. A prevalência de Sífilis foi de 13,04%, e em relação ao HIV a prevalência foi de 4,34%. Conclusão: Percebe-se que o Estado de Goiás tem bons resultados em relação ao restante do Brasil, com baixas médias de prevalência de Sífilis e HIV em relação à média nacional. Testes treponêmicos e não treponêmicos devem continuar sendo utilizados no diagnóstico de sífilis para que, após a confirmação da doença, o tratamento seja eficaz e mantenha o estado de Goiás abaixo da média nacional na prevalência de Sífilis em gestantes.
Abstract: Objective: to know the seroprevalence of antibodies to Syphilis and HIV, observing the serological profile in pregnant women attended at a University Laboratory in Goiânia. Method: This is a cross-sectional epidemiological study, which was carried out through the analysis of data available at the Clinical Laboratory of the Pontifical Catholic University of Goiás, linked to the SUS. The exam results found were tabulated and processed by the Google Sheets program. Results: The mean age observed was 26 years (with a minimum age of 17 and a maximum of 38 years) and the proportion of adolescents (10 to 19 years) was 17.39%. The prevalence of Syphilis was 13,04%, and in relation to HIV the prevalence was 4,34%. Conclusion: It is noticed that the State of Goiás has good results in relation to the rest of Brazil, with low average prevalence of Syphilis and HIV in relation to the national average. Treponemal and nontreponemal tests should continue to be used in the diagnosis of syphilis so that, after confirmation of the disease, the treatment is effective and keeps the state of Goiás below the national average in the prevalence of syphilis in pregnant women.
Palavras-chave: Sífilis, HIV, Vigilância epidemiológica
CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Pontifícia Universidade Católica de Goiás
Sigla da Instituição: PUC Goiás
metadata.dc.publisher.department: Escola de Ciências Médicas e da Vida
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.pucgoias.edu.br/jspui/handle/123456789/4672
Data do documento: 26-Mai-2022
Aparece nas coleções:TCC Ciências Biológicas - Modalidade Médica

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
TCC - Igor Machado e Tomás Braga.pdf237,38 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.

Ferramentas do administrador