PRODUÇÃO ACADÊMICA Repositório Acadêmico da Graduação (RAG) TCC Medicina
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.pucgoias.edu.br/jspui/handle/123456789/4603
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Título: A SUSCETIBILIDADE DE UM PIOR PROGNÓSTICO DE COVID-19 NA PRESENÇA DE SÍNDROME METABÓLICA
Autor(es): Puton, Camila
Vieira, Ricelly Pires
Primeiro Orientador: Costa, Sérgio Henrique Nascente
metadata.dc.contributor.referee1: Clayson Moura Gomes
metadata.dc.contributor.referee2: Leonardo Luiz Borges
Resumo: A COVID-19 possui manifestações clínicas variáveis, desde um portador assintomático, doença respiratória leve, pneumonia, síndrome da angústia respiratória aguda (SDRA), falência de múltiplos órgãos e até a morte. Alguns importantes exemplos de comorbidades que podem piorar o desenvolvimento da doença são os componentes da síndrome metabólica (SM), como a hipertensão, o diabetes mellitus tipo 2 (DM2) e a obesidade. O presente estudo teve como objetivo avaliar a suscetibilidade de casos de COVID-19 em pacientes com ou sem critérios que caracterizam a SM. Trata-se de um estudo transversal analítico com abordagem quantitativa baseado nos dados de uma amostra de indivíduos atendidos no Hospital do Policial Militar (HPM). Os resultados foram: 43% dos pacientes com SM foram infectados por SARS-CoV-2 (p < 0,05); de todos os infectados, 50,56% foram classificados pelo IMC com obesidade, 40,90% com glicemia de jejum > 99 mg/dL, 43,50% com HDL-c abaixo do valor de normalidade, 39,91% com triglicérides acima do valor de normalidade, 41,94% em uso de anti-hipertensivos, 40,74% em uso de hipoglicemiantes e 32,89% em uso de hipolipemiantes. Os dados adquiridos e analisados permitiram concluir que os pacientes com a SM tem maior risco de contrair a COVID-19.
Abstract: COVID-19 has variable clinical manifestations, ranging from an asymptomatic carrier, mild respiratory disease, pneumonia, acute respiratory distress syndrome (ARDS), multiple organ failure, and even death. Some important examples of comorbidities that can worsen the development of the disease are the components of the metabolic syndrome (MS), such as hypertension, type 2 diabetes mellitus (DM2), and obesity. The present study aimed to evaluate the susceptibility of COVID-19 cases in patients with or without criteria characterizing MS. This is an analytical cross-sectional study with a quantitative approach based on data from a sample of individuals seen at the Military Policeman's Hospital (MPH). The results were: 43% of patients with MS were infected by SARS-CoV-2 (p < 0,05); Of all infected, 50,56% were classified by BMI with obesity, 40.90% with fasting glucose > 99 mg/dL, 43,50% with HDL-c below normal value, 39,91% with triglycerides above normal value, 41,94% in use of antihypertensives, 40,74% in use of hypoglycemic agents and 32,89% in use of hypolipemic agents. The acquired and analyzed data concluded that patients with MS have a higher risk of contracting COVID-19.
Palavras-chave: Pandemia; Coronavírus; Hipertensão arterial sistêmica; Glicemia; Triglicerídeos; Obesidade.
CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Pontifícia Universidade Católica de Goiás
Sigla da Instituição: PUC Goiás
metadata.dc.publisher.department: Escola de Ciências Médicas e da Vida
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.pucgoias.edu.br/jspui/handle/123456789/4603
Data do documento: 28-Mai-2022
Aparece nas coleções:TCC Medicina

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
TCC Camila e Ricelly.docx262 kBMicrosoft Word XMLVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.

Ferramentas do administrador