PRODUÇÃO ACADÊMICA Repositório Acadêmico da Graduação (RAG) TCC Ciências Biológicas - Licenciatura
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.pucgoias.edu.br/jspui/handle/123456789/412
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Título: ETNOBIOLOGIA DAS ABELHAS NATIVAS DO BRASIL NAS ETNIAS KAIABI, KAYAPÓ, XAVANTE E GUARANI (REVISÃO BIBLIOGRÁFICA)
Autor(es): Oliveira, Wilson Jaime de Souza
Primeiro Orientador: Silva, Rodrigo Mariano
metadata.dc.contributor.referee1: Fialho, Afonso Pereira
metadata.dc.contributor.referee2: Pires, Godoy Pires
Resumo: A etnobiologia estabelece uma relação ampla entre as relações dos seres humanos com a natureza, desde a origem humana visando o conhecimento de etnias sobre as plantas e animais. As etnociências têm como base estudar as diferentes culturas, os conhecimentos dos antepassados, visando crenças, mitos, religião e uso medicinal. Essa pesquisa consiste em revisar o conhecimento de diferentes etnias sobre as abelhas nativas e, ao mesmo tempo, compará-las a etnotaxonomia das abelhas nativas brasileiras sem ferrão, como elas são denominadas culturalmente por diferentes etnias. Esse trabalho relaciona as abelhas nativas visando a classificação nas línguas dos índios Kaiabi, onde identificam-se nove espécies de abelhas, os Guaranis, conhecem cerca de 15 espécies, onde destacam, a abelha jataí como sagrada, e seu mel é medicinal. Os Xavantes conhecem cerca de dez espécies de abelhas, porém, a tradução ou o nome científico não foi encontrado nos trabalhos relacionados. OS Kayapós, classificam cerca de 56 tipos de abelhas sem ferrão onde foi observado que esses índios são bastante atentos e ligado a prática de semi-domesticação. Os indígenas possuem um amplo conhecimento sobre as abelhas, onde as etnoespécies são classificadas de acordo com sua morfologia e comportamento.
Abstract: Ethnobiology knows a broad relationship between the relations of human beings with nature, from human origin to the knowledge of ethnic groups about plants and animals. Ethnosciences are based on studying how different cultures, the knowledge of ancestors, categories beliefs, myths, religion and medicinal use. This research consists of reviewing the knowledge of different ethnicities about native Brazilian stingless bees, comparing the ethnotaxonomy of native Brazilian bees without sting, as they are culturally called by different ethnicities. This work lists the native bees and classifies the classification in the languages of the Kaiabi Indians, where they identify nine species of bees, the Guarani. The Xavantes know about ten species of bees, but the translation or the scientific name was not found in the related works. The Kayapós, classify about 56 without sting where it was observed that these Indians are very attentive and linked to the practice of semi-domestication. The indigenous people have a wide knowledge about bees, where ethno-species are classified according to their morphology and behavior.
Palavras-chave: Etnoconhecimento
Etnociência
Povos indígenas
CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::BIOLOGIA GERAL
CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::ANTROPOLOGIA::ETNOLOGIA INDIGENA
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Pontifícia Universidade Católica de Goiás
Sigla da Instituição: PUC Goiás
metadata.dc.publisher.department: Escola de Ciências Agrárias e Biológicas
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.pucgoias.edu.br/jspui/handle/123456789/412
Data do documento: 25-Nov-2020
Aparece nas coleções:TCC Ciências Biológicas - Licenciatura

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
TCC Wilson Jaime de Souza Oliveira_FINAL_com Res 038-20 CEPE.pdf428,69 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.

Ferramentas do administrador