PRODUÇÃO ACADÊMICA Repositório Acadêmico da Graduação (RAG) TCC História
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.pucgoias.edu.br/jspui/handle/123456789/3333
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Título: Na senzala, uma flor (1999): formação da família entre escravizados – uma análise historiográfica a partir de Robert W. Slenes
Autor(es): Carvalho, Gabriela Silva
Primeiro Orientador: Silva, Rosemary Francisca Neves
metadata.dc.contributor.referee1: Quadros, Eduardo Gusmão de
metadata.dc.contributor.referee2: Marinho, Thaís Alves
Resumo: O presente trabalho de monografia apresenta uma análise historiográfica da formação da família entre os escravizados, a partir de uma leitura revisionista em Robert W. Slenes, buscando avaliar como a virada historiográfica mudou o estudo sobre o tema em questão. Ao explorarmos os clássicos da historiografia brasileira, observamos como a família negra escravizada foi invisibilizada na perspectiva desses autores da historiografia tradicional. A partir dessa observação, identificamos e abordamos a importância da virada historiográfica, no estudo sobre as famílias dos escravizados, o qual propiciou um novo olhar sobre a pesquisa histórica, proporcionado historicidade aos sujeitos antes marginalizados pela historiografia tradicional. A pesquisa se pautou por uma metodologia totalmente bibliográfica, utilizando-se de livros e artigos científicos, buscamos compreender em que contexto existe essa família negra escravizada, tão ignorada pela historiografia clássica. Identificamos essa família à luz da cultura africana.
Abstract: This monograph work presents a historiographical analysis of the formation of the family among the enslaved, based on a revisionist reading by Robert W. Slenes, and how the historiographic turn has changed the study on the subject in question. When exploring the classics of Brazilian historiography, we observe how the enslaved black family was made invisible from the perspective of these authors of traditional historiography. From this observation, we identify and approach the importance of the historiographic turn, in the study of the families of the enslaved, which provided a new look at historical research, providing historicity to subjects previously marginalized by traditional historiography. The research was based on a completely bibliographical methodology, using books and scientific articles, we sought to understand in what context this enslaved black family exists, so ignored by classical historiography. We identify this family in the light of African culture.
Palavras-chave: Historiografia
Família dos escravizados
Cultura africana
CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::HISTORIA::HISTORIA DO BRASIL::HISTORIA DO BRASIL COLONIA
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Pontifícia Universidade Católica de Goiás
Sigla da Instituição: PUC Goiás
metadata.dc.publisher.department: Escola de Formação de Professores e Humanidades
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.pucgoias.edu.br/jspui/handle/123456789/3333
Data do documento: 30-Nov-2021
Aparece nas coleções:TCC História

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
MONOGRAFIA GABRIELA -Final.pdf982,21 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.

Ferramentas do administrador