PRODUÇÃO ACADÊMICA Repositório Acadêmico da Graduação (RAG) TCC Medicina
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.pucgoias.edu.br/jspui/handle/123456789/3233
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.creatorPaula, Geovana Oliveira de-
dc.creatorVieira, Lorena Tassara Quirino Vieira-
dc.date.accessioned2021-12-17T01:21:34Z-
dc.date.available2021-12-17T01:21:34Z-
dc.date.issued2021-10-21-
dc.identifier.urihttps://repositorio.pucgoias.edu.br/jspui/handle/123456789/3233-
dc.languageporpt_BR
dc.publisherPontifícia Universidade Católica de Goiáspt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectCongestão nasalpt_BR
dc.subjectDescongestionantes nasaispt_BR
dc.subjectAutomedicaçãopt_BR
dc.titlePerfil do uso de descongestionantes nasais tópicos entre estudantes de Medicina da PUC Goiáspt_BR
dc.typeTrabalho de Conclusão de Cursopt_BR
dc.contributor.advisor1Borges, Leonardo Luiz-
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/8153436057725516pt_BR
dc.contributor.referee1Rocha Sobrinho, Hermínio Maurício da-
dc.contributor.referee1Latteshttp://lattes.cnpq.br/5573574130526137pt_BR
dc.contributor.referee2Neves, Roberpaulo Anacleto-
dc.contributor.referee2Latteshttp://lattes.cnpq.br/5716596406151624pt_BR
dc.description.resumoObjetivo: Realizar levantamento do perfil dos usuários e dos padrões de consumo de descongestionantes nasais a base de vasoconstritores, bem como a incidência de efeitos colaterais relacionados ao seu uso entre estudantes de Medicina da PUC-GO. Métodos: estudo quantitativo transversal com 110 estudantes de medicina via formulário online entre fevereiro e abril de 2021. Para análise dos dados foi empregado o teste do X2, utilizando o software PAST versão 4.04. Resultados: Dos 110 participantes, 72,7% (n=80) são usuários de descongestionantes nasais tópicos. Em relação ao perfil dos usuários, 75,00% são estudantes do sexo feminino; 70% estão entre o 5º e o 11º período; 65,00% possui idade entre 21 e 25 anos; 66,25% possuem rinite e 36,25% desvio de septo. Em relação ao padrão de consumo, 82,50% utiliza Neosoro ou Sorine®; 68,75% administram por mais de cinco vezes ao dia; 61,25% usam por mais de seis meses; 16,25% apresentam efeitos colaterais (dependência, insônia e taquicardia); 66,25% se automedicam e apenas 30% dizem que não conhecem os possíveis efeitos adversos. Conclusão: Observou-se associação estatisticamente significativa apenas entre as variáveis frequência de uso acima de 5 vezes ao dia, uso sem prescrição e a ocorrência de efeitos colaterais.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentEscola de Ciências Médicas e da Vidapt_BR
dc.publisher.initialsPUC Goiáspt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::MEDICINApt_BR
dc.degree.graduationMedicinapt_BR
dc.degree.levelGraduaçãopt_BR
Aparece nas coleções:TCC Medicina

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
TCC-17.10.2021.docx94,9 kBMicrosoft Word XMLVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.

Ferramentas do administrador