PRODUÇÃO ACADÊMICA Repositório Acadêmico da Graduação (RAG) TCC Farmácia
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.pucgoias.edu.br/jspui/handle/123456789/2027
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Título: Busca in silico de substâncias bioativas da espécie Commiphora mukul
Autor(es): Soares, Eduardo
Yano, Larissa
Borges, Leonardo
Primeiro Orientador: Borges, Leonardo Luiz
metadata.dc.contributor.referee1: Silva, Vinicius
metadata.dc.contributor.referee2: Sobrinho, Hermínio
Resumo: OBJETIVOS: Avaliar os principais compostos que expliquem a atividade hipocolesterolemiate da Commiphora mukul, conhecida popularmente como “guggul”, empregando ferramentas in silico. MÉTODOS: Os metabólitos da “guggul” foram levantados bibliograficamente e a codificação das moléculas para a realização das predições foi obtida no site Pubchem. Realizou-se então triagem de bioatividade com os programas SwissADME, ProToxII, PASS e pesquisa de alvos, com os servidores SuperPred Webserver. Após a identificação do alvo, a estrutura selecionada foi obtida pelo site Protein Data Bank (PDB) para o docking molecular com o programa GOLD. RESULTADOS: Os metabólitos, principalmente terpenos e compostos fenólicos, da Commiphora mukul, tiveram suas propriedades físico-químicas e biológicas analisadas. Os alvos para o docking molecular foram identificados e verificados para cada composto, com suas respectivas estruturas cristalografadas no Protein Data Bank (PDB). A molécula estigmasterol foi selecionada pois apresentou predição de interação com o receptor HMG-CoA redutase (1HWI). O docking revelou interação do estigmasterol com o receptor HMG-CoA redutase, o que poderia auxiliar na explicação para os efeitos hipocolesterolemiantes desta espécie vegetal. CONCLUSÕES: O estudo in silico da Commiphora mukul abordada neste trabalho, elegeu o estigmasterol como principal metabólito ativo com possível atividade hipocolesterolemiante presente na Commiphora mukul. O docking do estigmasterol mostrou ancoragem desta molécula no sítio ativo do receptor HMG-CoA redutase devido as atividades desta espécie, assim, este marcador poderia atuar como hipocolesterolemiante.
Palavras-chave: Plantas medicinais
Hipocolesterolemiante
In silico
Docking molecular
CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::FARMACIA
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Pontifícia Universidade Católica de Goiás
Sigla da Instituição: PUC Goiás
metadata.dc.publisher.department: Escola de Ciências Médicas, Farmacêuticas e Biomédicas
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.pucgoias.edu.br/jspui/handle/123456789/2027
Data do documento: 23-Out-2020
Aparece nas coleções:TCC Farmácia

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
Larissa e Eduardo.pdf961,96 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.

Ferramentas do administrador