PRODUÇÃO ACADÊMICA Repositório Acadêmico da Graduação (RAG) TCC Fisioterapia
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.pucgoias.edu.br/jspui/handle/123456789/2010
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Título: Perfil epidemiológico de crianças e adolescentes queimados de um hospital público de Goiânia
Título(s) alternativo(s): Epidemiological profile of children and adolescents burnt in a public hospital in goiânia
Autor(es): Martins, Líbyna Thaynara Calandrelli
Primeiro Orientador: de Morais, Elizabeth Rodrigues
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Vinhal, Lucieli Boschetti
metadata.dc.contributor.referee1: Fantinati, Adriana Márcia Monteiro
metadata.dc.contributor.referee2: Vinhal, Lucieli Boschetti
metadata.dc.contributor.referee3: de Morais, Elizabeth Rodrigues
Resumo: Objetivo: Identificar o perfil epidemiológico de crianças e adolescentes vítimas de queimaduras de um hospital público de Goiânia e relacionar os fatores clínicos das queimaduras com as limitações funcionais, necessidade de unidade de terapia intensiva e ventilação mecânica. Métodos: Tratou-se de um estudo epidemiológico, retrospectivo, no qual foi coletado dados de crianças e adolescentes entre 0-17 anos queimados internados na enfermaria ou UTI no período de janeiro de 2015 a dezembro de 2019. Resultados: A amostra foi composta por 55 pacientes, mediana de idade de 12,25 anos, com predomínio de adolescentes (72,7%) e sexo masculino (65,5%). As principais causas de queimaduras foram líquido inflamável (32,7%), chama direta (29,1%) e escaldadura (21,8%). A escaldadura foi o principal agente causal nas crianças e nos adolescentes o álcool. Houve uma prevalência de queimaduras de 2° grau (85,5%), 54,6% dos pacientes tiveram SQC >20%, sendo os membros superiores (78,2%) e inferiores (61,8%) as regiões do corpóreas mais acometidas, 40% precisaram de UTI e 29,1% necessitaram de VM, a taxa de óbito foi de 5,5%. O desbridamento (89,1%) e a enxertia (41,8%) foram os procedimentos cirúrgicos mais realizados. A redução da amplitude de movimento (ADM) foi relacionada a SQC >50%, necessidade de UTI e óbito. Conclusão: As crianças de menor idade apresentaram queimaduras por escaldadura e os adolescentes foram mais propensos a se queimarem por líquido inflamável. A SQC influenciou na gravidade das queimaduras, assim como na redução da ADM.
Abstract: Objective: To identify the epidemiological profile of children and adolescents victims of burns in a public hospital in Goiânia and relate the clinical factors of burns with functional limitations, the need for an intensive care unit and mechanical ventilation. Methods: This was an epidemiological, retrospective study, in which data was collected from children and adolescents aged 0-17 years who had been burnt in the ward or ICU from January 2015 to December 2019. Results: The sample consisted of 55 patients, median age of 12.25 years, with a predominance of adolescents (72.7%) and males (65.5%). The main causes of burns were flammable liquid (32.7%), direct flame (29.1%) and scalding (21.8%). Scald was the main causal agent in children and adolescents with alcohol. There was a prevalence of second-degree burns (85.5%), 54.6% of the patients had CQS > 20%, with the upper limbs (78.2%) and lower limbs (61.8%) being the body regions most affected, 40% needed ICU and 29.1% needed MV, the death rate was 5.5%. Debridement (89.1%) and grafting (41.8%) were the most performed surgical procedures. Reduction in range of motion (ROM) was related to SQC >50%, need for ICU, and death. Conclusion: Younger children had scald burns and adolescents were more likely to be burned by flammable liquid. The SQC influenced the severity of burns, as well as the reduction in ROM.
Palavras-chave: Queimaduras
Epidemiologia
Criança
Adolescente
Fisioterapia
CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Pontifícia Universidade Católica de Goiás
Sigla da Instituição: PUC Goiás
metadata.dc.publisher.department: Escola de Ciências Sociais e da Saúde
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.pucgoias.edu.br/jspui/handle/123456789/2010
Data do documento: 15-Jun-2021
Aparece nas coleções:TCC Fisioterapia

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
Resumo.pdf424,6 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.

Ferramentas do administrador