PRODUÇÃO ACADÊMICA Repositório Acadêmico da Graduação (RAG) TCC Direito
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.pucgoias.edu.br/jspui/handle/123456789/1873
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.creatorMargioti, Júlia Torres-
dc.date.accessioned2021-06-21T23:36:29Z-
dc.date.available2021-06-21T23:36:29Z-
dc.date.issued2021-05-25-
dc.identifier.urihttps://repositorio.pucgoias.edu.br/jspui/handle/123456789/1873-
dc.languageporpt_BR
dc.publisherPontifícia Universidade Católica de Goiáspt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectObstetríciapt_BR
dc.subjectConservadorismopt_BR
dc.subjectVínculopt_BR
dc.titleO conservadorismo como ferramenta de manutenção da violência obstétrica no Brasilpt_BR
dc.typeTrabalho de Conclusão de Cursopt_BR
dc.contributor.advisor1Barbieri, José Eduardo-
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/4502186668794626pt_BR
dc.contributor.referee2Cabral, Núria Micheline Meneses-
dc.contributor.referee2Latteshttp://lattes.cnpq.br/7560016996612574pt_BR
dc.description.resumoEste trabalho apresenta a relação entre o conservadorismo com a perpetuação de práticas violentas no âmbito obstétrico. A partir da observação de direito comparado entre países mais progressistas com países notadamente conservadores, é possível obter a área cinzenta que diz respeito à atuação do posicionamento conservador na ótica social. Para tanto, utilizou-se o método comparativo, histórico-bibliográfico e pesquisa etnográfica como meios de obtenção das informações necessárias para a vinculação de informações. Serão analisadas obras da ciência obstétrica, as quais estão repletas de posicionamentos sociais intrínsecos dos profissionais da área, bem como serão analisadas obras das ciências jurídica e social, como autores puramente conservadores – que estudam e defendem o movimento conservador – e autores que já estudaram a relação cultural do parto em diferentes organizações sociais pelo mundo. O objetivo principal do presente trabalho é esmiuçar o vínculo entre as ondas conservadoras e o aumento exponencial – ou perpetuação – da violência obstétrica no Brasil.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentEscola de Direito e Relações Internacionaispt_BR
dc.publisher.initialsPUC Goiáspt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADASpt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS HUMANASpt_BR
dc.degree.graduationDireitopt_BR
dc.degree.levelGraduaçãopt_BR
Aparece nas coleções:TCC Direito

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
O conservadorismo como ferramenta de manutenção da Violência Obstétrica no Brasil .pdf595,91 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.

Ferramentas do administrador