PRODUÇÃO ACADÊMICA Repositório Acadêmico da Graduação (RAG) TCC Medicina
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.pucgoias.edu.br/jspui/handle/123456789/1726
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Título: Estado de coagulação em pacientes infectados pelo Sars-CoV-2: uma revisão sistemática
Título(s) alternativo(s): Estado de coagulação em pacientes infectados pelo Sars-CoV-2: uma revisão sistemática
Autor(es): Barros, Gabriel Elias de Lima
de Lima, Gabriel Elias
Primeiro Orientador: Neves, Roberpaulo Anacleto
metadata.dc.contributor.referee1: Milki, Marcos Vinícius
metadata.dc.contributor.referee2: da Silva, Vinícius Barreto
Resumo: A COVID-19 é uma doença causada pelo Sars-CoV-2, descoberto pela primeira vez na cidade de Wuhan, China. O quadro clínico da doença varia de infecções assintomáticas a quadros respiratórios graves. Estudos sugeriram a presença distúrbios de coagulação associados com alterações em vários marcadores da coagulação. O presente estudo foi delineado com o objetivo de realizar uma revisão sistemática da literatura acerca das alterações de coagulação presente nos pacientes diagnosticados com COVID-19. Esta revisão sistemática envolve publicações em periódicos indexados na base de dados da PubMed, entre janeiro de 2020 e fevereiro de 2021. A amostra final foi de 10 artigos que atenderam aos critérios de elegibilidade da presente revisão. Dentre os artigos selecionados, foram identificadas metodologias variadas, de modo que todos envolveram estudos experimentais realizados no Brasil e no exterior. A presença de distúrbios de coagulação entre os pacientes diagnosticados com COVID-19 já é descrita na literatura e tem sido uma condição cada vez mais associada ao prognóstico da doença. A elevação do D-dímero merece destaque dentre os marcadores que apontam para distúrbios da coagulação em pacientes com COVID-19, entretanto, outros biomarcadores, como FvW, trombomodulina e p-selectina também exercem um papel importante na fisiopatologia. Esta revisão sistemática permitiu verificar a relação entre variados biomarcadores pró-coagulantes e a evolução clínica da COVID-19. Esta revisão sustenta que o mecanismo associado ao estado pró-trombótico nesta doença se difere daquele verificado na CIVD e em outras condições clínicas. Há a necessidade de novos estudos que permitam uma compreensão mais ampla acerca dos mecanismos fisiopatológicos que influenciam um estado pró-trombótico nos pacientes.
Abstract: COVID-19 is a disease caused by the Sars-CoV-2, firstly discovered in Wuhan, China. The presentation of the disease varies from assymptomatic infections to severe respiratory conditions. Studies have suggested the presence of associated coagulation disorders, with changes in coagulation markers. The present study was designed as a systematic review about coagulation disorders in patients with COVID-19. This systematic review involves publications in journals indexed in the PubMed database, between January 2020 and February 2021. The final sample consisted of 10 articles that met the eligibility criteria and were included in this review. Among the selected articles, varied methodologies were identified, so that all of them involved experimental studies carried out in Brazil and abroad. The presence of coagulation disorders among patients diagnosed with COVID-19 is already described in the literature and has been a condition increasingly associated with the prognosis of the disease. The elevation of D-dimer deserves to be highlighted among the markers that point to coagulation disorders in patients with COVID-19, however, other biomarkers, such as vWF, thrombomodulin and p-selectin also play an important role in the pathophysiology. This systematic review allowed us to verify the relationship between various pro-coagulant biomarkers and the clinical evolution of COVID-19. This review supports the idea that the mechanism associated with the prothrombotic state in this disease differs from that seen in CIVD and other clinical conditions. There is a need for further studies to allow a broader understanding of the pathophysiological mechanisms that influence a prothrombotic state in patients with COVID-19.
Palavras-chave: Coronavírus. COVID-19. Biomarcadores. Coagulação.
CNPq: Interdisciplinar
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Pontifícia Universidade Católica de Goiás
Sigla da Instituição: PUC Goiás
metadata.dc.publisher.department: Escola de Ciências Médicas, Farmacêuticas e Biomédicas
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.pucgoias.edu.br/jspui/handle/123456789/1726
Data do documento: 28-Mai-2021
Aparece nas coleções:TCC Medicina

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
Estado de coagulação em pacientes infectaados.pdf337,54 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.

Ferramentas do administrador