PRODUÇÃO ACADÊMICA Repositório Acadêmico da Graduação (RAG) TCC Ciências Biológicas - Modalidade Médica
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.pucgoias.edu.br/jspui/handle/123456789/1375
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Título: Interferências pré-analiticas em laboratórios clínicos: uma revisão integrativa.
Autor(es): Montel, Adriana Barros
Primeiro Orientador: Costa, Sérgio Henrique Nascente
metadata.dc.contributor.referee1: Moura, Amarildo Lemos
metadata.dc.contributor.referee2: Nascente, Flávia Martins
Resumo: Introdução: O laboratório de análises clínicas exerce um papel fundamental na promoção da saúde, pois auxilia nas decisões diagnósticas e terapêuticas. Devido ao grande avanço tecnológico, houve um aumento no número e nos tipos de exames realizados, aumentando consequentemente sua importância nas decisões médicas. Contudo, esse fato acarretou também um aumento no número de erros laboratoriais, que é definido como qualquer problema na realização do exame que gere um resultado inapropriado ou uma interpretação equivocada. Objetivo: Realizar um levantamento bibliográfico sobre as interferências pré-analíticas nos laboratórios de análises clínicas. Metodologia: Trata-se de um estudo de revisão integrativa, por meio de levantamento de dados encontrados na literatura. Foram feitas pesquisas bibliográficas por meio de sites como o da Sociedade Brasileira de Análises Clínicas, da Sociedade Brasileira de Patologia Clínica (SBPC), além de livros digitais da SPBC sobre interferentes e nas bases de dados da Scielo, em que foram encontrados artigos originais e de revisão sobre o tema em questão. Resultados: Foi visto que a fase pré-analítica consiste no processo desde a chegada do paciente ao laboratório clínico até o envio do material coletado para a fase analítica, passando pela recepção, coleta e transporte. Além disso, há muitas variações biológicas nessa fase, como os ritmos biológicos e circadianos, entre outras condições como gravidez, uso de álcool, doença intercorrente e a postura do indivíduo no momento da coleta. Alguns fatores críticos incluem: o tempo adequado de jejum antes da coleta de sangue; uso apropriado dos tubos de coleta a vácuo e aditivos; adequação da coleta do sangue, armazenamento e centrifugação e estrita conformidade com as recomendações quanto ao tempo de aplicação do torniquete. Outras condições que merecem atenção são as condições que podem causar alterações físicas nas amostras, como lipemia e hemólise, que podem influenciar em várias dosagens bioquímicas. Conclusão: Sendo assim, conclui-se que para que se minimize os erros na fase pré-analítica torna-se necessário definir indicadores de qualidade, considerando que tais erros podem ocorrer em cada uma das etapas envolvidas, desde a solicitação dos exames até o momento do armazenamento das amostras para análise laboratorial.
Palavras-chave: Fase pré-analítica
Pre-analytical phase
Laboratórios clínicos
Variações biológicas
Clinical laboratories
Biological variations
Biological variations
CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Pontifícia Universidade Católica de Goiás
Sigla da Instituição: PUC Goiás
metadata.dc.publisher.department: Escola de Ciências Médicas, Farmacêuticas e Biomédicas
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.pucgoias.edu.br/jspui/handle/123456789/1375
Data do documento: 22-Out-2020
Aparece nas coleções:TCC Ciências Biológicas - Modalidade Médica

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
TCC Adriana barros montel.pdf262,68 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.

Ferramentas do administrador