PRODUÇÃO ACADÊMICA Repositório Acadêmico da Graduação (RAG) TCC Arquitetura e Urbanismo
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.pucgoias.edu.br/jspui/handle/123456789/1055
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Título: CENTRO CULTURAL PRAÇA DAS ARTES: INTERVENÇÃO NA QUADRA DO JÓQUEI CLUBE DE GOIÁS – GOIÂNIA/GO
Autor(es): PINHEIRO, WALLACE ANDERSON
Primeiro Orientador: Pantaleão Resende, SANDRA CATHARINNE
metadata.dc.contributor.referee1: Japiassu, Luciana Carvalho Cortes
metadata.dc.contributor.referee2: PAIXÃO, Diogo Antônio
metadata.dc.contributor.referee3: Di Simoni, Thais Valle
Resumo: Esse trabalho contempla a proposta projetual de intervenção no Jóquei Clube de Goiás, Goiânia, mediante a reconversão de uso centro de artes e lazer, além da articulação com o entorno, apoiando-se nas discussões sobre construir no construído. Trata-se de um edifício de relevância histórico-cultural e grande valor arquitetônico, situado em uma das principais artérias da cidade, com fluxos de aproximadamente 250.000 pessoas por dia. O edifício, projetado por Paulo Mendes da Rocha é uma das referências da arquitetura moderna de Goiânia, está implantado na quadra 68 da avenida Anhanguera, com área de 21.598,84m2. No entanto, nos últimos anos, com a falência da instituição, o edifício passa por um processo de abandono e degradação, com ameaças de venda e possível demolição. Esse contexto despertou a intenção de desenvolver uma proposta de intervenção no edifício considerando o âmbito da quadra, visando resguardar sua memória e singularidades arquitetônicas. Para tanto, a partir de um diagnóstico urbano arquitetônico e paisagístico, e do referencial teórico acerca da preservação do patrimônio moderno, tem-se a proposta de uma Praça das Artes de Goiânia, um complexo que envolve as atividades de artes da cidade, tais como a sede da orquestra sinfônica, escola de música, além de grande espaço público ao longo da quadra circundando o edifício, buscando reinserir o edifício do Jóquei no contexto social e na paisagem urbana de Goiânia, imputando-lhe um novo papel social. Ademais, tem-se a reflexão da função social da arquitetura ao promover transformações, pois além de criar o novo, cabe-nos modelar as preexistências, intervindo na urbanidade propiciando o melhor uso possível do espaço público. O foco do arquiteto urbanista deve acima de tudo ser as pessoas, seja a comunidade residente na localidade ou a população que, em nosso caso, habita a região central no dia a dia, apropriando-se dos parcos espaços públicos a elas destinados.
Palavras-chave: Joquei Clube de Goiânia
Goiânia
intervenção urbana
preexistências
CNPq: Arquitetura e Urbanismo
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Pontifícia Universidade Católica de Goiás
Sigla da Instituição: PUC Goiás
metadata.dc.publisher.department: Escola de Artes e Arquitetura
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.pucgoias.edu.br/jspui/handle/123456789/1055
Data do documento: 8-Dez-2020
Aparece nas coleções:TCC Arquitetura e Urbanismo

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
CENTRO CULTURAL PRAÇA DAS ARTES - Caderno Wallace Anderson.pdf7,96 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.

Ferramentas do administrador